Justiça entrega dossiê sobre ‘antifascistas’ aos 11 ministros do Supremo.
Sem luta não há vitória

Justiça entrega dossiê sobre ‘antifascistas’ aos 11 ministros do Supremo.

169

A ministra Cármen Lúcia, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou nesta terça-feira (18) que o Ministério da Justiça forneça a cada um dos demais ministros da Corte os documentos referentes ao suposto dossiê com dados de servidores públicos opositores ao governo Jair Bolsonaro. A ordem foi cumprida no final da tarde.

“Intime-se, com máxima urgência e prioridade, o Ministro da Justiça e Segurança Pública para, imediatamente e ainda na presente data, fornecer cópia integral de todo o material que me veio pelo protocolo STF (…), incluída a mídia, a cada qual dos Ministros deste Supremo Tribunal Federal, assegurado o sigilo necessário”, disse a ministra em trecho do despacho. 

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, marcou para amanhã (19) o julgamento de uma ação em que a Rede questiona ato do Ministério da Justiça e Segurança Pública sobre dossiê sigiloso contra servidores federais e estaduais identificados como antifascistas. A relatora é a ministra Cármen Lúcia. 

No final de julho, a Rede Sustentabilidade pediu que o Supremo Tribunal Federal determine a abertura de inquérito para investigar um dossiê sigiloso elaborado pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do Ministério da Justiça, contra 579 servidores federais e estaduais identificados como antifascistas. 

Também pediu que o dossiê seja enviado ao STF para análise; que o Ministério da Justiça preste informação sobre conteúdos produzido em 2019 e 2020 no âmbito do subsistema de inteligência de segurança pública; e que a pasta se abstenha de produzir e disseminar conteúdos que tenham como fim constranger cidadãos.

fonte: https://www.cnnbrasil.com.br/politica/2020/08/18/carmen-lucia-manda-justica-entregar-dossie-sobre-antifascistas-a-ministros

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais